quinta-feira, 5 de maio de 2011

Aos governantes de Portugal

Imagem: Henricartoon; "Os primeiros mandamentos"
Aos governantes de Portugal

Ó governantes de Portugal!
Porque se tornou normal,
Viverdes vos acusando,
E as pessoas cansando?

Ó governantes de Portugal!
Tendes nas mãos um país.
As pessoas vos vêem mal
Pois o mal vem da raiz!

Assim, esta pátria continua!
De tanga, ou mesmo nua!
Sem alegria na vida
E políticos de partida!

Saltam as pessoas para a rua
Reclamando direitos adquiridos!
Demonstrando a verdade crua
Aos seus eleitos queridos!





Clarisse Silva
26 de Outubro de 2006

do livro "A Força do Ser" (2010)
 

2 comentários:

Fê-blue bird disse...

Minha amiga:
Os governantes já nada ouvem, nada querem saber.
Infelizmente acho que não há nada nem ninguém que nos tire desta situação.

Beijinhos

Clarisse Silva disse...

Olá Fê,

Este poema foi escrito em 2006, onde a esperança era, de facto, maior do que é nos dias que correm, bem maior...

Beijinhos,
Clarisse