terça-feira, 24 de novembro de 2009

Desigualdade

Ao homem tudo é permitido
À mulher tudo é julgado
O que por ele é desmentido
Mesmo que sendo a verdade
É pela mentira tomado!...
O que é esta sociedade?!...

O insuportável terá que suportar?
O inadmissível terá que admitir?
É proibido sequer sonhar?
E nem tudo se pode sentir?!...

Sociedade desigual…
E ainda pouco evoluída…
Para o homem é normal
Para ela é uma ferida.

Dói, incessantemente, dói!
A toda a hora e momento.
À mulher corrói…
E a dilacera por dentro…
Ao homem está tudo bem,
Desde que tenha ali alguém!...

25 de Fevereiro de 2008



© Direitos de autor reservados.

1 comentário:

El Brujo disse...

Adorei, pena que não tenha o gaget pra seguir!
Bom dia!