segunda-feira, 8 de abril de 2013

Voltas da vida


Voltas da vida

Oh vida,
Minha querida…
Porque és tão complicada?!
Mas porque te complicamos nós
Quando tentas desatar os nós?!...
E te colocas simplificada!

Oh vida,
Minha querida...
Somos tão ignorantes,
E nos achamos importantes…
Mas se existimos e tu também
É porque realmente somos alguém!

Oh vida,
Minha querida…
Vida maior, ou vida menor
Vida do que fazem de ti
Vida do que nos deixas fazer
Vida que jamais senti!

Complicas,
Depois de complicar
O que já estava complicado.

Caminhas,
Depois de caminhar
Opostamente ao nosso lado.

E no meio desta corda
Minha alma acorda
Tanto é bamba
Como desanda.
Comando, sou comandada
Ai vida… que emanas
Somos almas amadas.
Somos seres errantes
Por mais que estudemos
Ignorantes!


24 de Março de 2010
Direitos de autor reservados

7 comentários:

Fê Blue bird disse...

Uma grande verdade minha amiga, a vida é complicada ou nós é que a complicamos.
Mas que isto está muito complicado, está!

Quanta saudade de vir aqui.

beijinho

Observador disse...

Posso dar a nota, Clarisse?

Na escala de 0 a 10 ... nota máxima.

Beijos

Alexandra disse...

http://www.youtube.com/watch?v=stiuh-wd_RY

Este poema merece uma música assim :)

Observador disse...

Alexandra
Essa música (Brian Crain - Time Forgotten) é para lá de linda.

Beijinhos.

Clarisse, desculpe a intervenção.

Clarisse Silva disse...

Olá Fê,

Brincando um pouco: isto tá complicado sim. Rir sempre é melhor do que chorar!

Grata,
Clarisse Silva

Clarisse Silva disse...

Olá Observador,

Obrigada pela nota. A música que a Alexandra deixou link, é lindíssima sim. Esteja à vontade.

Saudações,
Clarisse Silva

Clarisse Silva disse...

Olá Alexandra,

Tal como disse anteriormente, a música é lindíssima.

Grata pelas palavras.
Clarisse Silva