segunda-feira, 26 de abril de 2010

Poema da Semana: "Faz tempo"




Caminhei por sobre a terra
Adentrei-me no seu manto estático
Coberto pelas searas
Já quase mortas de frio

Faz tempo
Que não vejo a luz do sol
Faz tempo
Que não m'iluminam os reflexos da lua
Faz tempo
Que sou nada
A caminhar sob os céus

Acabei-me nas jornadas internas
E encontrei-me num ponto de luz
Tão minúsculo
Mas tão tudo
No meu pensar consciente
Pensamento solto
Errante em busca de paz


AUTORA: MATILDE D'ÔNIX (PSEUDÓNIMO DE DOLORES MARQUES)
FOTO: Dolores Marques na Aldeia de Moção em Castro Daire
BLOGUE DA AUTORA:
http://novoolharomeu.blogspot.com


© Direitos de autor reservados.

4 comentários:

Mª Dolores Marques disse...

Olá Clarisse. Muito agradecida pelo carinho, quer com a foto, quer com o poema


Tudo de bom para ti e felicidade para o livro

beijos


Dolores Marques

ClarisseS disse...

Olá Dolores,

Não tem que agradecer, pois eu gostei muito do poema, como sabe.

Renovo os meus agradecimentos.
Beijo,
Clarisse

Santa Cruz disse...

Olá menina: gostei do teu poema da semana Faz Tempo. ja vi que publicastes um livro, como te disse não pude estar no lançamento, no proximo sabado vai ser o lançamento do meu primeiro livro.
Um beijo Santa Cruz

Clarisse disse...

Olá Santa Cruz,
Espero que o lançamento do seu livro tenho corrido muito bem.
Beijo,
Clarisse