segunda-feira, 26 de abril de 2010

Poema da Semana: "Faz tempo"




Caminhei por sobre a terra
Adentrei-me no seu manto estático
Coberto pelas searas
Já quase mortas de frio

Faz tempo
Que não vejo a luz do sol
Faz tempo
Que não m'iluminam os reflexos da lua
Faz tempo
Que sou nada
A caminhar sob os céus

Acabei-me nas jornadas internas
E encontrei-me num ponto de luz
Tão minúsculo
Mas tão tudo
No meu pensar consciente
Pensamento solto
Errante em busca de paz


AUTORA: MATILDE D'ÔNIX (PSEUDÓNIMO DE DOLORES MARQUES)
FOTO: Dolores Marques na Aldeia de Moção em Castro Daire
BLOGUE DA AUTORA:
http://novoolharomeu.blogspot.com


© Direitos de autor reservados.

4 comentários:

Mª Dolores Marques disse...

Olá Clarisse. Muito agradecida pelo carinho, quer com a foto, quer com o poema


Tudo de bom para ti e felicidade para o livro

beijos


Dolores Marques

ClarisseS disse...

Olá Dolores,

Não tem que agradecer, pois eu gostei muito do poema, como sabe.

Renovo os meus agradecimentos.
Beijo,
Clarisse

Anónimo disse...

Olá menina: gostei do teu poema da semana Faz Tempo. ja vi que publicastes um livro, como te disse não pude estar no lançamento, no proximo sabado vai ser o lançamento do meu primeiro livro.
Um beijo Santa Cruz

Clarisse disse...

Olá Santa Cruz,
Espero que o lançamento do seu livro tenho corrido muito bem.
Beijo,
Clarisse