segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Poema da Semana: "Desânimo"



Oh maldita escuridão...
Que se apodera pouco a pouco de meu coração,
Dilacerando-me a alma…
Vil tristeza que não controlo.
É angústia que me toma o corpo, numa dormência infinita;
É desilusão que desconhecia;
É solidão que não procurei;
É mágoa pelo que não encontrei…
É o desânimo que se me achega…
Me toma e me maltrata…
Sem dó nem piedade;
E sem um pingo de humanidade,
Arrasta-me para o precipício…
Por mais que eu grite e suplique



AUTORA: Fátima Rodrigues

© Direitos de autor reservados.

2 comentários:

Mgomes - Santa Cruz disse...

Clarisse. lindo poema parabens pela escolha e também a autora do poema.
Santa Cruz

Clarisse Silva disse...

Olá Santa Cruz

Grata por me visitar sempre.
Saudações
Clarisse